O que é o biometano?

O biometano é um gás constituído substancialmente por metano (85-95%) que é obtido por remoção de dióxido de carbono e de impurezas (siloxanos, sulfureto de hidrogénio, entre outros), contidas no biogás, de forma a tornar as respetivas características semelhantes às do GN.

O que é o biometano?

O biometano é um gás constituído substancialmente por metano (85-95%) que é obtido por remoção de dióxido de carbono e de impurezas (siloxanos, sulfureto de hidrogénio, entre outros), contidas no biogás, de forma a tornar as respetivas características semelhantes às do GN.
O biometano encontra diversas aplicações, podendo integrar:

· Redes de distribuição de gás natural, para utilização a nível doméstico, industrial ou veicular;
· Unidades autónomas de abastecimento, nomeadamente postos de abastecimento de combustíveis para veículos.

Sendo Portugal um país com abundantes recursos em biomassa, a promoção de fontes de energia renovável a partir da biomassa, como o biometano, tem um papel fundamental para o cumprimento das metas nacionais e europeias quanto à quota de renováveis e redução dos GEE.

BIOMETANO

Origem do biometano

A purificação do biogás tem como resultado o biometano puro, um combustível limpo que pode substituir o gás natural em todas as suas aplicações comuns. Quando comparado com a cogeração tradicional, a purificação de biogás permite maior eficiência e valor acrescentado no uso deste biocombustível.
A purificação é atingida, removendo os seus principais contaminantes: dióxido de carbono, oxigénio e azoto/nitrogénio – e aumentando a concentração de Metano até 99%. O pré-tratamento para remoção do H2S e de siloxanos podem também ser incluídos.

Obtido de resíduos essencialmente orgânicos de aterros

Digestão anaeróbia de lamas em estações de tratamento de águas residuais

Desperdício de alimentos, resíduos orgânicos urbanos, resíduos agrícolas degradados em biodegestores